Queridos pais e responsáveis,

Estamos chegando ao final do ano letivo e, diante de tantas incertezas, diante de tantas urgências, inovações na rotina diária, na disciplina e na metodologia aplicada aos nossos alunos em 2020, o que mais se ouve é “afinal, em época de pandemia vale a pena ter meu filho (a) estudando em uma escola particular?”

Sempre ouvimos falar que o ensino particular tem maior qualidade que o ensino público, mas o fato é, mesmo na pandemia essa qualidade superior de ensino se mantém viva?

De fato, o aprendizado foi e está sendo impactado por conta da suspensão das aulas presenciais, e isso ocorreu para todas as instituições de ensino, seja particular ou pública. Contudo, a distância na qualidade do ensino entre escolas públicas e privadas ainda é alarmante. Arrisco dizer que, por determinadas circunstâncias até ampliou-se.

Com relação ao tema, fiz leitura de uma interessante matéria ao qual tomo a liberdade de reproduzir abaixo e na íntegra, sobre alguns pontos de comparação da qualidade de ensino entre instituições Públicas e Particulares.

Vamos acompanhar juntos?

9 motivos para matricular seu(a) filho(a) em uma escola particular

” Escola particular é melhor que Escola pública” é a frase que sempre escutamos, mas, afinal porque tanta rixa? Será mesmo que a escola particular é melhor do que a pública? Vou trazer uns pontos mais falados em discussões entre escolas públicas x escolas particulares, com eles vamos refletir, no final irei deixar um quadro mostrando suas comparações. Vamos conferir:

Quantidade de alunos: Alunos por sala de uma escola privada é bem menos que o da escola pública, dessa forma desenvolver e estimular a aprendizagem dos alunos se torna possível e eficaz, pois sabemos que é difícil conseguir trabalhar com 30/40 alunos em uma sala de aula, todos com dificuldades diferentes, o que torna o aprendizado defasado, se sobressai aquele que tem mais facilidade em aprender e é estimulado em casa (minoria). Por esse motivo o ponto é da escola privada.

Meta de ensino: Bom, todas as escolas possuem metas de ensino-aprendizagem que os alunos devem conseguir alcançar durante o período letivo, porém voltamos ao ponto de número de alunos em sala de aula, é muito mais difícil conseguir alcançar essa meta na escola pública com quantidades excessivas de alunos em sala de aula, e um único professor para mediar a aprendizagem de todos os alunos, isso não quer dizer que seja impossível, tem muitas escolas públicas que conseguem atingir a meta, é um trabalho árduo e que exige a participação dos alunos e das famílias e da comunidade, assim como também existe escola privada que também não alcançou a meta de ensino estabelecida.

Esses são casos a parte e minoria nos assuntos, existe sim escola pública alcançando meta de ensino, assim como existe escola particular que não alcança a meta de ensino estipulada. Mas como a maioria em alcançar metas é da escola privada, o ponto vai para ela.

Modelo de ensino: Modelo de ensino tem que ser analisado pelos pais, pois existem vários modelos de ensino e que as escolas tanto públicas como particulares são livres para adotar, os mais comuns que vemos são o ensino tradicional (professor detentor do saber / aluno só copia) e  ensino construtivista (professor mediador do ensino-aprendizagem / aluno constrói o próprio conhecimento). Tanto na particular como na pública encontra-se professores que usam o modelo tradicional e os que usam o modelo construtivista.

No geral, vemos mais professores construtivistas nas escolas particulares do que nas escolas públicas, isso porque o modelo sócio construtivista de ensino, ele é melhor trabalhado com números reduzidos de alunos porque o professor dá uma atenção a mais para o desenvolvimento de atividades mediando a construção do conhecimento do aluno, o que numa escola pública é mais difícil de acontecer, mas em algumas acontece. Como o modelo construtivista é mais trabalhado nas escolas particulares, o ponto vai para elas.

Ambiente favorável à aprendizagem: Sem dúvidas esse quem ganha é a escola particular, porque um espaço favorável a aprendizagem é um lugar estimulador com o professor atento as aprendizagens e dificuldades de cada aluno trabalhando sempre suas habilidades e competências individuais para que cheguem ao objetivo do ensino. Isso numa escola pública é difícil conseguir, são muito alunos por sala, muitos com problemas de comportamento que atrapalham a aula, professor não consegue dar atenção a todos os alunos, não há estímulos de aprendizagem na sala de aula, entre outros. Não quero aqui generalizar, a sim escolas públicas que com toda dificuldade existente consegue criar um ambiente favorável a aprendizagem dos alunos. Mas esse ponto eu deixarei para a escola particular por serem a maioria.

Formação continuada dos professores: A formação continuada dos professores é estimulada tanto pela rede privada, quanto pela rede pública, as escolas particulares, sempre nos meses de férias dos alunos colocam seus professores em algum curso de formação continuada para aperfeiçoar sua metodologia, enquanto as escolas públicas estimulam seus professores ao ano inteiro a sempre estar se aperfeiçoando oferecendo curso em formação continuada também nos meses de férias, porém é aberto o ano inteiro inscrições para cursos tanto em instituições públicas como privadas onde o professor recebe uma bolsa de estudos (Não paga para estudar), e o mais legal é o plano de carreira, quanto mais pós graduações, mestrados, doutorados tiver, mais o salário do professor vai aumentando.

Isso mesmo!

O incentivo do governo para os professores sempre se especializarem é dar um aumento em seu salário de acordo com a especialização realizada. Esse eu deixarei como “empate” porque nas duas instituições há formação continuada, porém, se fosse um voto pessoal eu o daria a escola pública por incentivar com aumento de salário do professor, dessa forma ele vai sempre se especializar com vontade porque vai tanto ajudá-lo em sala de aula quanto financeiramente.

Orçamento educacional (infraestrutura): Aqui depende de muita gestão, uma gestão eficiente! Na rede privada o orçamento vem das mensalidades pagas dos alunos e como o diretor vai administrar esse dinheiro. Já na escola privada o governo manda um valor para a escola. A diferença está na gestão, normalmente as escolas particulares investem uma parte do orçamente para estar sempre melhorando a escola para ter cada vez um ambiente mais favorável de ensino-aprendizagem, enquanto nas escolas públicas não vemos tantas mudanças, ou, quase nenhuma. Nessa parte do orçamento e em como gerir o voto vai para as escolas privadas.

Atividades extra curriculares: As atividades extra curriculares são excelentes porém, só as vimos em escolas particulares como Judô, Ballet, Robótica, Informática, (…) são curso que daria para ter uma escola pública, assim como acontece com uma escola pública no município de Cascavel no Paraná e tem até reportagem no site do Ministério da Educação e Cultura (MEC) que tem o curso de robótica como extra curricular, veja em nossa postagem –>  Robótica no ensino aprendizagem das crianças  . Dessa forma, por oferecer variedades de cursos que completam o currículo do aluno e em consequência sua aprendizagem, o ponto vai para a escola particular. Mais uma vez lembrando que não estou generalizando, existe sim escolas públicas que trazem seu diferencial, mas não é a maioria.

Comunicação Escola-Família: Nesse ponto não tem como negar, a escola particular decola na frente, a escola preza muito a comunicação com os pais e os mesmos com a escola, é possível conversar melhor e trabalharem juntos no desenvolvimento do aluno, normalmente os pais vão mais à escola e estão sempre em contato com o professor (a) para saber sobre a criança, também há mais interesse em saber se a criança está aprendendo e se desenvolvendo por estar investindo em seus estudos. Não quer dizer que na escola pública não seja assim, sabemos que os professores e a escola tentam conversar com os familiares dos alunos, porém é muito difícil que os mesmo respondam uma agenda, olhe o caderno da criança e vá a escola para conversar, um minoria faz sim seu papel, mas a maioria, pra quem trabalha em escola pública sabe, só vê o responsável do aluno no dia da rematrícula e nunca mais.

Interesse dos alunos em aprender (se destacar): Na escola particular há um interesse maior dos alunos em aprender, eles sabem desde cedo que os pais investem em seus estudos e querem se destacar na multidão, na escola privada em dia de prova não tem essa de “passar cola” pois eles estão sempre competindo entre si para serem os melhores e tirarem as notas mais altas, ou seja, o interesse em aprender se torna maior. Diferente da escola pública, já por não haver estimulo para aprendizagem os alunos são um pouco mais desligados, não são todos, como sempre a minoria faz a diferença, mas é que o diferencial é que na escola particular todos estão sempre querendo ser os melhores, enquanto na pública uma pequena quantidade de alunos estão tendo esse mesmo, ou mais esforço para ser o melhor e alcançar seus objetivos nos estudos e consequentemente no trabalho.

Abaixo segue um quadro comparativo sobre os tópicos abordados no texto para melhor entender algumas diferenças que existe entre escolas públicas e privadas:

Espero que tenham gostado da publicação e ajudado a decidir qual instituição de ensino será melhor para seu(a) filho(a) =)”

Fonte: https://blog.forleven.com/2019/01/21/9-motivos-para-matricular-seua-filhoa-em-uma-escola-particular/

Então, gostaram da matéria?

É evidente que para manter seu filho numa escola particular nesse tempo de poucos recursos econômicos não é tarefa fácil, mas, pensemos que, seu filho(a) é sua maior preciosidade e que, o ensino ninguém nunca vai lhe tomar.

A boa formação educacional é o melhor legado que os pais/responsáveis podem oferecer aos seus filhos. 

Sabemos que esse retorno não é visível em curto espaço de tempo, porém, certamente construirá as bases estruturais necessárias para que nossas crianças usufruam de melhores oportunidades mais à frente.

Um forte abraço e nos encontramos nas próximas publicações.

Acompanhem nosso site e redes sociais!!!

Colégio XII de Julho

Leave a comment

5 × quatro =